Soprano Adventure

Tenor Adventures

Música de Selvagem

Paris São Paulo II

Paris São Paulo

Unxpected

Paralelas

Colagens

Soprano Adventure – Vol. I

2017 • Brasil

Com produção do multi-instrumentista Celio Barros, o cd Soprano Adventure, The Nature Movements, vol. 1, é um album de sax soprano solo de caráter experimental e conceitual. Foi gravado em uma única sessão de improvisação livre.

A ideia surgiu após a gravação de uma faixa solo, ‘Aurora Borealis’, para outro cd gravado com os músicos Guilherme Marques e Celio Barros. O feedback de músicos como David Liebman, Kate Bull, Sam Newsome, Ed Sarath e Mauro Senise fez surgir a ideia do álbum.

O diferencial de um disco puramente experimental está no fato de que cada track do cd solo teve a colaboração de um convidado para a definição dos títulos. Foi sugerido que todos os convidados tivessem uma experiência estética interdisciplinar e que definissem os títulos a partir de algum elemento da natureza. Porém, havia uma contrapartida: os convidados deveriam escrever um relato da experiência manifestada da maneira que preferissem: um conto, texto, frase, som, música, áudio, vídeo, o que quisessem. Desta forma, o cd tornou-se colaborativo.

Tracks

1. O Deboche do Vento – Graziela Bergamini: psychologist
2. Céu entre Folhas –Eduardo Klébis: Poet
3. Flocks of Birds- Katie Bull: Jazz Singer
4. Up River – David Liebman: Jazz Saxophonist
5. O Acaso – Helvécio Coelho: Writer
6. Tin Txa Tü Txu – Yuta Mehinako: native indian (Mehinako tribe)
7. Noturno Selvagem… – André Hellmeister: Designer
8. O Coelho na Baleia – Marcello Stasi: Symphonic Orchestra Conductor
9. Floresta Nebulosa – Samy Dana: Economist
10. Lux – Pedro Vilhena: Film Maker
11. Gaia Plangente – Jorge Antunes: Composer
12. O engasgo da Ema – Lilian Coelho: Bank Clerk
13. Nada como uma caverna escura… _ Francisco Grijó: Writer
14. Ao sabor do vento – Usiel Carneiro: Evangelical Pastor
15. Célio Barros: Musician and Astrologer
16. Crepúsculo – Sizão Machado: Musician
17. élargir et dégager – Alexandre Piccini: Philosopher
18. Mergulho nas profundezas da memória – Carlos Calado: Journalist
19. êxtase… – Sueli Lima: Yogue
20. Brisa de verão – – Victor Kobayashi – Photographer

Tenor Adventures

2017 • Brasil

Com produção do multi-instrumentista Celio Barros – que assina duas faixas do disco como compositor, o cd Tenor Adventures, The Personal Impressions, vol. 1, é um album de sax tenor solo de caráter experimental e conceitual. Foi gravado em uma única sessão de improvisação livre.

A ideia surgiu após a gravação do cd Soprano Adventure, The Nature Movements, Vol. 1, que seguiu o mesmo conceito.

Tracks

1. Bubles
2. Secret Nippon Garden
3. In the subway
4. Like any other day…
5. Mood disorder
6. Mating dance 1
7. Wandering mind
8. Frog hunting
9. Dad & Mom
10. Night shift
11. Pain!
12. Life cicle
13. The inspector
14. Chip ‘n dale
15. 16 Alpha Boo (Celio Barros)
16. Mating dance 2
17. Mother bee
18. Going to nowhere
19. No make up
20. Composição no. 408 (Celio Barros)

Música de Selvagem

2016 • Brasil

Música de Selvagem nasceu com o retorno de Arthur Decloedt e Filipe Nader de uma estada de seis anos na Europa. Os dois haviam se mudado em 2007 para Paris, em busca de novos horizonte musicais. Arthur ficou na cidade e Filipe mudou-se, não muito tempo depois, para Bruxelas.

Em meados de 2013 ambos voltaram a viver no Brasil e juntando-se aos músicos Guilherme Marques, Célio Barros e Marcelo Coelho deram início a formação do grupo. Logo em seguida Célio parte do país para a Noruega e é substituído por Amílcar Rodrigues.

O uso da improvisação livre é um dos pontos focais do grupo. Bandas como All included, Fire! Orchestra, Atomic, TriCollectif e o trabalho desenvolvido pelo grupo Ifa y Xango do qual Filipe Nader também faz parte, foram referências para Música de Selvagem ao longo da composição deste primeiro álbum.

Em 2016, Música de Selvagem lança pelo selo brasileiro Risco e pelo selo belga El Negocito Records, seu primeiro álbum, com peças improvisadas e composições de Arthur Decloedt e Guilherme Marques.

PARIS SÃO PAULO II

2015 • França

O álbum Paris / São Paulo II é a continuação da bem sucedida colaboração entre músicos brasileiros Sizão Machado (baixo), Lupa Santiago (Guitarra), Marcelo Coelho (saxofones) e Rubinho Antunes (trompete), e pelo músicos franceses Benoitt Sourisse (piano) e Andre charlier (bateria).

O repertório, inteiramente autoral, reflete as abordagens individuais de cada integrante no processo criativo da composição, porém apresentada de maneira coletiva, mútua e integrada, levando à percepção de que o processo criativo composicional só termina quando se conclui a execução de um tema. São por essas e outras que este trabalho deve ser apreciado com cuidado, como quem conhece os meandros do que há do bom e do melhor entre São Paulo e Paris.

PARIS SÃO PAULO

2013 • França

As colaborações artísticas internacionais na área da música quase sempre resultam em trabalhos em que os adjetivos ilustram apenas uma parte do que é apresentado. Não há como definir esse ou aquele gênero sem que outras influências sejam também observadas.

O hibridismo e a mistura dos ritmos, harmonias, melodias e interpretações formam um mosaico sonoro que tende a enriquecer a tradição. Esse é o trabalho do Paris-SãoPaulo, grupo formado por músicos brasileiros e franceses que compartilham da mesma maneira de pensar música, ainda que o processo de trabalho e criação tenham as suas peculiaridades.

O grupo é formado pelos músicos brasileiros Sizão Machado (baixo), Lupa Santiago (Guitarra), Marcelo Coelho (saxofones) e Rubinho Antunes (trompete), e pelo músicos franceses Benoitt Sourisse (piano) e Andre charlier (bateria).
O repertório, inteiramente autoral, reflete as abordagens individuais de cada integrante no processo criativo da composição, porém apresentada de maneira coletiva, mútua e integrada, levando à percepção de que o processo criativo composicional só termina quando se conclui a execução de um tema. São por essas e outras que este trabalho deve ser apreciado com cuidado, como quem conhece os meandros do que há do bom e do melhor entre São Paulo e Paris.

Rubinho Antunes Trumpet Marcelo Coelho Saxophones Lupa Santiago Guitar Benoit Sourisse Piano Sizão Machado Bass André Charlier Drums Didier Lockwood Violin (Featured guest)

Some gatherings seem to be predestined. Lupa, Marcelo, Sizão and Rubinho are wonderful artists, with a musical vision both singular and inspired. Sharing our music with them has been a delightful and rich experience. At the crossroads of two continents, Paris / Sao Paulo is without a doubt the beginning of a marvelous adventure not only in music, but in friendship as well.

Benoit and Andrefrom Paris

Joie de Vivre!!! That was the feeling during the days we, the brazilians Lupa, Marcelo Sizão adn Rubinho, spent together alongside the great musicians and friends Benoit, Andre and Didier. During the recording of Paris / Sao Paulo, it seemed as if time and space had ceased to exist… as if we had been somehow connected with a greater Essence through music, laugther, and friendship. However, words do not seem to suffice to explain. The music speaks fo itself. Au revoir!

Lupa, Marcelo, Sizão and Rubinhofrom São Paulo

UNX PECTED

2011 • Suécia

Marcelo Coelho Tenor sax Fredrik Kronkvist Alto sax Mats Holtne Guitar Johnny Åman Bass Anders Vestergård Drums Emilio Martins Percussion

Un x pected Brazilian Project consists of six strong musicians blending jazz and Brazilian grooves with open improvisations and intricate rhythms. The compositions combine modern jazz and improvised music with brazilian rhythms in a dynamic, organic and energetic mix.

The project is the result of a longtime collaboration between Mats Holtne and Anders Vestergård. During travels to Brazil and meetings with congenial musicans sharing their fascination for rhythmic complexity, the idea of doing a project based upon different melodic and rhythmic layers to create new possibillities in form and structure evoked.

Un x pected Brazilian Project invites you to enjoy Marcelo Coelho- sax player with a doctors degree in composition, Emilio Martins- well-known percussionist, from Sao Paulo with a deep knowledge of the musical tradition of Brazil, Fredrik Kronkvist – altosax player, contributing with his strong melodic voice and Johnny Åman – bass player serving with a powerful and rhyhmic approach.

The CD Unite blends compositions of Holtne, Vestergård and Marcelo Coelho.

PARALELAS

2010 • Argentina

Marcelo Coelho Sax Tenor Rodrigo Dominguez Sax Tenor/Soprano Jeronimo Carmona Baixo Carto Brandan Bateria

As experiências sonoras e musicais que aconteceram desde o meu encontro com o Rodrigo Domínguez poderiam ser contadas e descritas de várias maneiras. No entanto, uma palavra, que surgiu em sonho para o Rodrigo, resumiu a nossa amizade e cumplicidade musical: Paralelas.

Caminhávamos pela mesma estrada, porém, cada um seguindo o seu próprio passo. Como um andarilho que compartilha a caminhada com outros trocando experiências, estórias e expectativas, a nossa colaboração transformou-se em um duunvirato musical sul-americano. Os concertos, viagens, composições, releituras, experimentações, boliches porteños, cafés paulistanos, e a gravação final deste projeto se passaram como uma breve jornada, com momentos de pura alegria, outros nem tanto, dias claros, outros chuvosos, noites frias, manhãs acalentadoras, paisagens simples e por vezes feias, sons, impressões, vibrações, acontecimentos… vida!

E aqui estamos para contar através da música sobre a grande sincronicidade e contemporaneidade das nossas predileções artísticas e escolhas de vida, que apesar da diferença cultural de ambos, caminham paralelas.

The friendship and musical collaboration that started since my first meeting with Rodrigo Dominguez could be described in different ways and perspectives. However, one word, that came to Rodrigo in a dream, put them together: Parallels.

We realized that we were following the same path through different venues, like travellers that share their stories, experiences and expectations. All concerts, travels, compositions, conversations, coffee shops in Buenos Aires, and bakeries in Sao Paulo were like a jorney for all of us. It was from this sharing that this duuvirato became real.

Here we are, to tell a story, our musical statements presented through the music. Even though came from different musical background, seems to be parallels.

Colagens

2007 • Brasil

Marcelo Coelho Sax Tenor Vincent Gardner Trombone Paulinho Malheiros Trombone Lupa Santiago Guitarra Guto Brambilla Baixo acústico Carlos Ezequiel Bateria

Colagens, o meu primeiro trabalho autoral,não se refere a uma mera reunião de composições desconexas ou aglomeração de idéias, mas uma reversão nos modos de percepção do trabalho por inteiro que, na minha opinião, é o princípio da verdadeira unidade sonora. Trata-se de um trabalho onde se destacam as composições originais e as improvisações coletivas. As composições são uma simbiose de várias influências e conceitos musicais e não-musicais que abrangem desde as experimentações modais de Ron Miller às polirritmias de José Eduardo Gramani, além das minhas impressões sobre os poemas de Gonçalves Dias, imagens e colagens do artista plástico Tide Hellmeister, a espiritualidade de John Coltrane, e coisas simples de todo dia.

Collages, the title of my first recording, does not refer to an array of disengaged compositions or an amount of musical ideas, but a perception of a whole work that is, in my point of view, the recognition of the whole piece. Being contemporary Brazilian music, this recording is based on original compositions with a complex rhythmic approach and collective improvisations. The compositions are a blend of many musical and non-musical concepts which range from Ron Miller’s modal experimentations to José Eduardo Gramani’s polyrhythmic structures, besides my own impressions on the Brazilian poet Gonçalves Dias, images and collages by the artist Tide Hellmeister, the spirituality of John Coltrane, and every-day happenings.

Desbravando um novo e excitante contexto rítmico, Marcelo Coelho inova com o seu grupo neste álbum! Isto é apenas o começo – aguardo ansiosamente o desenvolvimento do som do grupo com as futuras composições do líder.

David Liebman

Colagens é um trabalho de criatividade e vigor

Eric BensonAllAboutJazz.com

É mais do que um impressionante álbum de estréia do MC4+

Kees Schoofhttp://musicabrasileira.org/mc4/